Uma no cravo, outra na ferradura


A máxima “Tem coisas que só acontecem com o Botafogo” bem que poderia ser aplicada ao Palmeiras. Quem em sã consciência poderia supor que o time, após sofrer duas derrotas em casa, para São Caetano e Santo André, jogaria de igual para igual com o líder Santos, em plena Vila Belmiro, e ganharia a partida?

Pois bem. Depois disso, todos diriam que o time embalaria no campeonato, já que só enfrentaria os chamados pequenos até o final. E que a classificação para as semifinais do Paulista seria bem possível. Seria, já que tudo voltou ao normal após o jogo contra a Ponte Preta. A torcida comparecu em peso, mais de 17 mil pessoas. Mas o Palmeiras conseguiu levar 2 gols e deu adeus ao campeonato.

O que se viu nos jogos seguintes foi melancólico. Empates contra Rio Branco, fora e Mirassol e Oeste, em pleno Palestra Itália. O público dos últimos jogos em casa? Menos de 7000 testemunhas, somando os dois jogos.

Parece que a história que o Muricy não tinha dado liga se repete em relação à diretoria. O que dizer de Gilberto Cippulo, vice de futebol, e principalmente Beluzzo? O clube, na ânsia de acertar e retomar o caminho dos títulos, está retornando aos anos 80, quando tinha times medíocres e era coadjuvante nos campeonatos que disputava.

Não dá para negar a boa vontade dos dirigentes. São pessoas sérias, que gostam do clube e querem que o Palmeiras seja vencedor. Mas essas mesmas pessoas tem que admitir que não deram certo no clube. A perda do campeonato brasileiro ainda reflete nas alamedas do clube. Os jogadores ainda estão em depressão por 2009. O time toma um gol e se desespera…

Quando apresenta um pouco de motivação, como contra o São Paulo e Santos, os jogadores se superam. Mas como confiar num time que vence a sensação do campeonato, o Santos, em plena Vila Belmiro, e perde pontos ridículos para Ponte Petra, Ituano, Mirassol e Oeste?

Durante anos a chamada oposição ao então presidente Mustafá encabeçou um movimento denominado Muda Palmeiras. É chegada a hora de novamente chamar os torcedores e gritar: MUDA PALMEIRAS!!!

Comecei este post antes da última rodada do Paulista, que aconteceu ontem. E o Palmeiras conseguiu terminar o campeonato numa vexatória 11º colocação, atrás de potências como Oeste, Portuguesa e Grêmio Prudente. Terminou também com saldo de gols negativo e com mais uma derrota, desta vez para o Paulista de Jundiaí, que, vejam só,  se livrou do rebaixamento com a vitória.

A diretoria? Também gostaria de saber o que eles pensam, o que estão fazendo para reverter essa espiral negativa que tomou conta do Palestra Itália…

Antes de mudar, Palmeiras, é hora de ACORDAR! O campeonato brasileiro vem aí e o risco de rebaixamento nunca esteve tão alto!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s