Palmeiras 2010


Agora há pouco li um comentário sobre o Palmeiras 2010, esse time que vem jogando o Campeonato Paulista. É um time sem vibração, sem força, sem vontade… Nem parece que é o time titular. O Palmeiras 2010, até agora, parece um time misto, sem entrosamento nenhum. O mais preocupante é que a base do ano passado foi mantida.

Marcos no gol, Figueroa e Armero (ainda) nas laterais, Danilo e mais um na zaga (Mauricio Ramos ainda está machucado, Léo machucou e ficou muito tempo fora e Edinho, às vezes, joga improvisado no setor). No meio, Pierre é o cão de guarda, ora jogando com Edinho, ora com Márcio Araújo. A dupla Clayton Xavier e Diego Sousa é o retrato do time. Quando eles estão mal, o time vai mal. Pela carência no elenco, Diego vem jogando mais à frente. O problema, segundo os especialistas, é o ataque. O Palmeiras conseguiu perder Vagner Love, Obina e Ortigosa na virada do ano. Ficou apenas o Robert, que é esforçado mas está sem confiança. Mesmo quando o time cria chances de gol, não consegue colocar a bola para dentro. As outras opções são apenas para compor o elenco. Daniel Lovinho é piada. Joãozinho é promessa. William não é jogador para entrar e mudar uma partida. O único que poderia ficar é o Lenny, recuperado de contusão. É uma opção interessante para o segundo tempo, que muda a cara do time quando entra.

Enquanto isso a diretoria se esforça para trazer reforços para o ataque. Já foram falados Kléber, Valdívia, Fred, Kléber Pereira, Macnelly Torres, Velasques e Ewerthon, só para citar os mais recorrentes. O último, ex-Corinthians e atualmente no Zaragoza, parece que vem mesmo. Nâo é centroavante, o camisa 9 que coloca a bola na rede. Mas é uma solução para o carente ataque verde.

A diretoria afirma que está sem dinheiro. Mas que clube tem, hoje em dia? A parceira Traffic parece que se cansou do time. Não trouxe ninguém esse ano. A decepção com a perda do título do ano passado foi grande, bem como a não classificação para a Libertadores.

O que vai acontecer com o time? A mídia, que adora malhar o Palmeiras em tempos normais, segue chutando cachorro morto. Antes de tudo, de jogadores e de tática, o que precisa mudar no clube e a atitude. Continuar jogando como está, sem vontade e sem garra, vai fazer com que as cobranças fiquem cada vez maiores por parte da mídia, torcida e, principalmente, da oposição do clube, adepta do “quanto pior, melhor”, já que ano que vem haverá eleições no clube.

Acorda, Palmeiras!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s