Campeonato Estaduais


E começaram os campeonatos estaduais pelo Brasil.
À medida que o Brasileirão por pontos corridos vai se consolidando na cabeça do torcedor, os estaduais vão, paulatinamente, perdendo seu grau de importância. Muitos jornalistas de renome já não atribuem aos estaduais a mesma importância de antes, chegando ao ponto de claramente menosprezá-los, vide o já famoso PAULISTINHA, propagado por Juka Kfouri.

Deixando a tradição de lado, o importante é utilizar os estaduais na formação dos times em início de temporada, preparando os elencos para a Copa do Brasil e a Libertadores, as competições mais importantes deste primeiro semestre.

Os clubes não podem considerar os estaduais como torneios de vida ou morte. Devido ao calendário maluco da CBF e das Federações Estaduais, os times deveriam usar os regionais como uma pré-temporada de luxo. Querer fritar técnico após um mês de preparação e montagem de elenco é burrice. O mundo não acaba se a equipe não ganha o estadual. O importante é montar um elenco forte e ir pegando entrosamento no inicio da competição. Em 30 ou 40 dias começa a Copa do Brasil e a Libertadores. Aí sim as equipes já devem ter uma pegada, uma formação entrosada.

Não dá para exigir muito também da parte física dos atletas. Lesões nesse início de temporada são comuns, ainda mais jogando em campos ruins, muitas vezes castigados pelas chuvas torrenciais de início de ano.

Quanto à tradição, os principais clássicos regionais ocorrem no Brasileirão. Mas, excetuando-se os grandes centros presentes na Série A, jogos como Bahia x Vitória, Paissandu x Remo ou Avai x Figueirense só ocorrem, ultimamente, nos estaduais. Mesmo clubes tradicionais como América Mineiro, Santa Cruz, Portuguesa e Guarani, há tempos longe da Primeira Divisão, só têm a oportunidade de medirem forças com os seus rivais mais tradicionais nos estaduais. Assim como cidades das equipes menores , que têm a rara oportunidade de receberem os grandes clubes.

A modernidade do Campeonato Brasileiro, aos poucos, vai matando a tradicional disputa regional. A mesma discussão ocorre quando do confronto entre campeonato de pontos corridos ou com finais. A modernidade versus a tradição. Mas isso é assunto para outra hora!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s