Será que dá?


Ao ser eliminado no Campeonato Paulista pelo Santos, após liderar toda a fase de classificação, restou ao Palmeiras garantir sua classificação na fase de mata-mata da Libertadores de América.
Situação difícil, não pelo resultado em si. Uma vitória simples, contra o chileno Colo-Colo, na própria Santiago, garante o time. A depender do resultado do jogo entre a já eliminada LDU contra o já classificado Sport, na altitude de Quito, o Verdão pode garantir até a primeira colocação do Grupo 1, escapando de adversários mais fortes e podendo decidir em casa o segundo jogo.
O problema está na queda de rendimento do time, que vem capengando desde as últimas rodadas do Paulistão. Na mesma Libertadores, por exemplo, o time conseguiu perder seus dois primeiros jogos, inclusive para o próprio Colo-Colo em casa. Quando tudo parecia perdido, veio a heróica vitória contra o líder Sport, no Recife. A gangorra emocional voltou e no jogo seguinte, em São Paulo contra o mesmo Sport, veio um empate com sabor de derrota, contra um adversário jogando com 10 homens durante toda a segunda etapa.
No último jogo, contra a LDU no Palestra Itália, conseguiu a vitória no segundo tempo. A primeira etapa poderia ser esquecida, devido à falta de objetividade do time contra um adversário que entrou em campo para deixar o tempo passar.
A pergunta que fica é: qual time entrará em campo para decidir a classificação? O time que ganhou do Sport na Ilha de Lost, que se fechou na defesa e saiu apenas no contra-ataque? Ou aquela que perdeu para o Colo-Colo em pleno Palestra Itália, que se lançou à frente, deixando o contra-ataque para a equipe chilena?
Apesar da campanha irregular, chegar à última rodada dependo apenas de uma vitória simples é lucro. A missão não é impossível, embora não seja fácil.
Outro ponto a se pensar é se, caso se classifique, o time adiquira o tal “espírito de Libertadores”, característico de times como o São Paulo, Grêmio ou Boca Jrs. O vexame de ser eliminado logo na fase seguinte apagará a reação do grupo após as derrotas iniciais. Com a classificação, seriam 10 pontos em 12 possíveis. Uma reação digna de campeão!
Eu acredito na classificação! E na próxima fase, independente do adversário, começa um novo torneio, onde tudo pode acontecer!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s