Flamengo Campeão


Conforme todos previram, o Flamengo é o campeão brasileiro de 2009.

Apoiado pela sua torcida, que lotou o Maracanã,  o Rubro Negro venceu o Grêmio  e não precisou contar com os resultados dos seus adversários para garantir o título.

Não tem como dizer que a conquista não foi justa. O time embalou no segundo turno e atropelou os principais concorrentes. Num campeonato que muito vacilaram, o Flamengo alcançou a liderança apenas na penúltima rodada, quando venceu o Corinthians, em Campinas.

Na rodada final, um jogo tenso contra o Grêmio (recheado com alguns jogadores reservas), que saiu na frente e quase calou o Maracanã, pois no mesmo momento do gol gremista, o Inter ganhava do Santo André e assumia a primeira colocação.

Mas o Rubro Negro conseguiu a virada apenas no segundo tempo, com o gol salvador de Ronaldo Angelim. E garantiu o sexto título brasileiro de sua história. Justiça seja feita, no campeonato mais disputado dos últimos tempos, o Mengo soube crescer e convencer. Adriano e Pet comandaram o time, ajudados pelo goleiro Bruno, o lateral Léo Moura e o voltante Willians, que formaram a espinha dorsal no novo hexacampeão brasileiro.

O Inter acabou com o vice-campeonato, mostrando que se não tivesse bobeado no segundo turno, poderia ter chagado lá. A vitória por 4 x 1 serviu para rebaixar o Santo André. Quase que Mário Sérgio conseguiu ganhar o título!

O terceiro lugar ficou com o São Paulo, que havia vencido os três últimos campeonatos. Mesmo trocando de técnico no meio da competição, trazendo o pouco badalado Ricardo Gomes, o Tricolor continuou mostrando sua força e chega à sua sétima Libertadores seguida. No último jogo, vitória fácil e tranquilo contra o há muito rebaixado Sport, 4 x 0.

O fiasco da rodada e, por que não, do campeonato, coube ao Palmeiras. A derrota por 2 x 1 para o Botafogo, que  livrou o Glorioso do rebaixamento, mostrou o mesmo time das últimas rodadas, desinteressado, apático e sem poder de reação. Apesar de ter liderado um turno inteiro (19 rodadas) e ter ficado no G-4 por 32 rodadas, o Alviverde conseguiu perder a vaga na Libertadores para o Cruzeiro, que ganhou do Santos na Vila Belmiro por 2 x1 e tomou a quarta posição do Palmeiras. Como desgraça pouca é bobagem, quem fez o gol da vitória dos cruzeirenses foi o ex-palmeirense Kléber, que já declarou juras de amor ao Verdão. Cabe ao clube refletir o que deu errado na parte final do campeonato. Nos últimos 11 jogos, quando tinha uma vantagem de 5 pontos para os demais colocados, o Palmeiras conseguiu apenas 2 vitórias. As contusões de Pierre, Maurício Ramos e Cleyton Xavier afundaram o time, mostrando que o elenco não era tão forte assim. Muricy também demorou a encontrar as peças ideais para repor os contundidos, testando diversos jogadores que não deram resultado. Diego Sousa e Vagner Love caíram muito de produção, principalmente pela saída do CX10. Diego se perdeu com a saída do companheiro e Love não tinha muito o que fazer, sempre recebendo bolas de costas para o gol. Para um time que liderou metade do campeonato e que poderia ter conquistado um título que não vem desde 1994, fica a decepção. A perda da vaga na Libertadores mostra que alguma coisa estava errada com o elenco. Ainda não surgiu nenhuma explicação e talvez nem surja. Como castigo, sobrou disputar a Copa do Brasil e ver seus principais rivais do Estado, Corinthians e São Paulo, disputando a Libertadores. Muito pouco para o time que era apontado como virtual campeão de 2009.

Que falta teve aquele gol mal anulado do Simon, hein?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s